Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O sentido de humor ajuda-o a manter-se saudável

por oficinadepsicologia, em 11.09.11

Autora: Isabel Policarpo

Psicóloga Clínica

www.oficinadepsicologia.com

 

Isabel Policarpo

De acordo com um estudo publicado no International Journal of Psychiatry in Medicine, há razões para acreditar que o sentido de humor  tem um efeito positivo na saúde mental e na vida social, mesmo depois das pessoas se reformarem, embora o efeito positivo na esperança de vida não possa ser demonstrado após os 75 anos, idade a partir da qual os factores genéticos e biológicos do envelhecimento passam a ser determinantes.

 

O estudo foi composto pela análise de 53.500 registos compostos de histórias de saúde e de análises clínicas de indivíduos que foram seguidos ao longo de 7 anos. Os autores avaliaram  ainda o sentido de humor através de um conjunto de questões retiradas de um teste para avaliar o humor. Essas questões revelam a capacidade da pessoa para compreender o humor e pensar de  forma humoristica e não têm a ver com a facilidade de rir.

 

O humor tem a ver com a forma de pensar e frequentemente ocorre num processo ou num dialogo com os outros. Não precisa de ser externalizado. O que a pessoa pensa é divertido, e isso é que conta. Há muitos mitos e mal entendidos acerca do humor, por exemplo  é comum pensar-se que as pessoas alegres têm um melhor sentido de humor, que as pessoas que são mais sérias. Mas  de facto não basta rir. As pessoas com o mesmo sentido de humor gostam de estar juntas e conseguem comunicar humor sem grande alarido. Um brilho nos olhos pode ser mais do que suficiente.

 

Para terem a certeza que os seus resultados eram verdadeiros os autores estudaram os efeitos do sentido de humor em dois grupos separados - um grupo era composto por pessoas que acreditavam que eram saudáveis, enquanto o outro era composto por pessoas que achavam que tinham uma saúde fragilizada. Contudo,  os autores descobriram que o impacto de um bom sentido de humor era o mesmo nos dois grupos.

 

Verificou-se assim que independentemente dos indivíduos se acharem com mais ou menos saúde, as pessoas que tinham mais sentido de humor tinham duas vezes mais hipóteses de sobreviver ao período de sete anos de follow-up, do que aquelas que tinham uma pontuação mais baixa. O sentido de humor tem pois um efeito real na saúde das pessoas pelo menos até aos 70 anos.

 

O sentido de humor pode ser aprendido e melhorado com a prática, porque não começar já?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:46



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D