Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Regresso às aulas sem stress

por oficinadepsicologia, em 22.10.11

Autora: Inês Afonso Marques

Psicóloga Clínica

www.oficinadepsicologia.com

 

Inês Afonso Marques

A “escola dos crescidos” (leia-se 1º ciclo), em contraste com a “escolinha” (leia-se jardim de infância) é um local repleto de desafios para as crianças. É ali que as crianças estabelecem relações com os pares, de forma mais autónoma, “experimentam” a sua identidade e são expostas a uma variedade de novas pessoas, tradições e rotinas. É aqui que se começa a definir a relação da criança com a escola, contexto ao qual dedicará várias horas e energia ao longo dos próximos anos. Este novo contexto, paralelamente com a pressão para obterem bons resultados escolares, pode ser bastante stressante para as crianças. A pressão desmesurada em relação à escola pode levar a sentimentos negativos intensos que podem conduzir à depressão, à ansiedade e a problemas comportamentais. Ajudar a criança a compreender e a lidar com os sentimentos stressantes é fundamental para a promoção do seu bem-estar e para o desenvolvimento da sua capacidade de obter sucesso na escola e na sociedade.

 

Todos nós, do mundo dos crescidos, sabemos como reagimos mal ao stress constante. Porque achamos que as crianças conseguem reagir de forma distinta da nossa? Toda a pressão imposta às crianças não resulta em melhores desempenhos ou melhores notas nos testes. Pelo contrário, em muitos casos, conduz a sintomas de ansiedade e depressão e a uma ampla sensação de tristeza.

Boas notícias… O cenário não tem de, necessariamente, ser tão cinzento! Há algumas estratégias que pode adoptar para ajudar os seus filhos a gerir a pressão e aliviar as respostas de stress.


  • A prática diária de actividade física potencia o adequado desenvolvimento cerebral e reduz os níveis de stress. Quando o exercício é partilhado pela família, todos beneficiam! Melhora a saúde física e emocional de todos, enquanto se estreitam laços afectivos.
  • Uma dieta equilibrada é importante tanto para a regulação da energia como da atenção. Sim, é fundamental que a criança tome um pequeno-almoço equilibrado todas as manhãs.
  • Uma noite de sono, com todas as horas a que a criança tem direito é importante na luta contra o stress. A quantidade de sono que a criança usufrui durante a noite tem impacto directo no desempenho escolar durante o dia.
  • Ensine à criança formas positivas de lidar com o stress. E, neste capítulo, se necessitar de ajuda, não hesite em pedi-la.

 

Apesar do stress associado à entrada para escola poder parecer insuportável, quando os pais se envolvem activa e genuinamente na vida dos seus filhos, partilhando momentos de qualidade, o stress pode ser compreendido e transformado em oportunidades de aprendizagem.

 

Na Oficina de Psicologia encontrará uma excepcional equipa de profissionais preparados para o apoiar nesta tarefa. Nas consultas a criança poderá ver, através de instrumentos apropriados para o efeito, em tempo real, como o corpo está a reagir ao stress e como estão a funcionar as estratégias, aprendidas em sessão, que está a adoptar para diminuir esse stress ou ansiedade. Aumenta desta forma o envolvimento, a motivação e a confiança no próprio processo de mudança.

 

Conte connosco para o ajudar a preparar o melhor futuro para os seus filhos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D