Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Saudades

por oficinadepsicologia, em 21.09.12

Autora: Filipa Jardim Silva

Psicóloga Clínica

www.oficinadepsicologia.com

Facebook

 

Sente falta de algo ou alguém que um dia teve e já não tem

Ambiciona voltar a encontrar-se dentro do labirinto que há em si

Um suspiro acorda-o todas as manhãs

Dúvidas habitam-no sistematicamente

Angustia olhar para o calendário aparentemente vazio

Dias uns a seguir aos outros

Encarrilhados em tonalidades cinzentas

Somam um amontoado de horas de desprazer pela vida.

 

Talvez possa estar a sofrer de um mal chamado Saudades. Do que foi e já não é, do que nunca foi e sempre esperou que fosse, do que lhe prometeram que iria ser e não chegou. De quem partiu demasiado cedo, de quem se ausentou sem aviso prévio, de quem fugiu injustamente, de quem nunca chegou e estava anunciado.

As saudades são um sentimento que habitam em muitos de nós e que nos obrigam a um baloiçar persistente: para trás guardando o que há para guardar, para a frente ganhando impulso para o momento presente e futuro. Desgastamo-nos no balançar mas reciclamos energia neste movimento, até que ele se extingue, sinal de que o baloiço parou e as saudades acalmaram. Por vezes precisamos entrar no parque infantil que existe em todos nós. Escorregamos por dificuldades, driblamos obstáculos, escondemo-nos dos dias difíceis, baloiçamos pela vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:16



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D