Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O homem é uma criança

por oficinadepsicologia, em 08.10.12

Autora: Tânia da Cunha

Psicóloga Clínica

www.oficinadepsicologia.com

Facebook

 

O homem é uma criança: o seu poder é o poder de crescer

(Rabindranath Tagore)

 

Tânia da Cunha

É verdade que a infância pode condicionar e prefigurar o nosso perfil de adultos, mas não menos verdade é que cada um de nós pode melhorar-se a si mesmo se acreditar que isso é possível e se se esforçar por consegui-lo. Não se deixa condicionar pelo passado!

 

Quando alguma criança não recebe afeto razoável para se sentir amada, poderá sentir injustiça e achar-se inferior comparativamente com outros, deste modo não aprende a relacionar esforço com recompensa, nem tem um limite claro do que lhe é permitido fazer, assim, são configuradas todas as condições necessárias para permanecer na infância, porque não está a ser preparada para a vida adulta.

 

Desafio-o que analise e reflita a propósito do seu processo de desenvolvimento, o caminho da maturidade. Para facilitar esta experiência referencio em seguida alguns traços básicos do comportamento infantil que devem atenuar-se ou desaparecer na idade adulta:

  • Procura de aprovação.
  • Comportamento egocêntrico.
  • Procura constante de afeto e de proteção.
  • Dificuldade em assumir responsabilidades.
  • Facilidade em estabelecer e interromper relações.
  • Procura de modelos de identificação.

Partilhe connosco a sua reflexão: é um adulto que renuncia a crescer para satisfazer as suas necessidades de criança (necessidade de se sentir amado e admirado a toda a hora, com dificuldade em manter relações estáveis porque isso significaria agir a um nível de responsabilidade que não desenvolver); OU reconhece que isso não se consegue de forma gratuita porque, no mundo dos adultos, as coisas não se ganham sem esforço e o amor não é incondicional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:24



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D