Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A importância de preparar o nascimento

por oficinadepsicologia, em 30.11.10

Autora: Tânia da Cunha

Psicóloga Clínica/Psicoterapeuta

 

 

A gravidez é caracterizada, por modificações psicológicas muito importantes. Desde a alteração da imagem corporal, que é parte integrante de uma alteração global e contínua do funcionamento orgânico da mulher, até às modificações hormonais segundo regras pré-estabelecidas que modificam o funcionamento psicológico. Inversamente, o funcionamento psicológico, via Sistema Nervoso Central, pode causar alterações hormonais.

 

 

As mulheres vivem a gravidez como um acontecimento tanto psicológico como físico. As mudanças na imagem corporal, secreções de hormonas, e as expectativas culturais interferem na vida mental da mulher grávida. Mudanças na identidade vão de mãos dadas com mudanças no corpo e nos papéis sociais. O processo pode ser suave ou violento, fonte de confiança ou assustador, feliz ou triste, mas é seguramente mudança.

Colman e Colman (1994) afirmam que a labilidade emocional pode ser mais acentuada em algumas mulheres que em outras, dependendo da estrutura da sua personalidade, o tipo de stress a que estão sujeitas, e a qualidade do apoio que recebem.

 

Tal como acontece noutras crises existenciais, a gravidez cria um equilíbrio delicado entre experiências positivas e negativas. É frequente que cada momento de alegria, antecipação e criatividade seja contrabalançado por um de ansiedade, ambivalência e medo.

 

A grávida vive num ambiente interno químico alterado que, em interacção com todos os outros factores de ordem física, ambiental e cultural, vão fazer parte da experiência da gravidez.

 

As hormonas não alteram o estado dos sentimentos de um modo directo e consistente para todas as mulheres. Ainda assim, podem influenciar a intensidade de um sentimento.

 

É uma fase de grande vulnerabilidade relacionada com medo de perigos desconhecidos, quer sejam interiores, quer sejam exteriores. A mulher já não conhece o seu próprio corpo e perdeu o sentido de como aparece aos outros.

Os sintomas físicos da gravidez expressam a ansiedade profunda da mulher sobre o seu estado. As dificuldades emocionais habitualmente são expressas através de sintomas físicos como por exemplo enjoo ou uma dor de cabeça. Sublinha-se deste modo, uma série de preocupações de ordem médica e psicológica.

 

A gravidez é inevitavelmente um momento particular e privilegiado de intervenção, pois é uma altura em que mulher está sujeita a um regime organizado de cuidados de saúde. Por tudo isto, a intervenção psicológica na gravidez tem um papel muito importante. A realização de acompanhamento psicológico durante a gravidez contribui para uma vivência mais saudável desse período maturacional, prevenindo perturbações no processo de desenvolvimento gravídico e consequentes ocorrências patológicas, como complicações no parto e distúrbios emocionais no pós-parto, ou ainda, e de forma mais negativa, o parto prematuro.

 

ATENÇÃO, muitas mulheres durante a gravidez demonstram sinais de depressão, por vezes mascarados e confundidos com sensibilidade e fragilidade atribuída à fisiologia própria da gravidez.

É fundamental oferecer um espaço de expressão e elaboração das experiências vividas durante a gravidez, o parto e o puerpério, bem como auxiliar na preparação do corpo para o parto, e também para as modificações vividas ao longo deste ciclo.

 

Caso se identifique com algumas das coisas que foram descritas ou para esclarecimento de qualquer dúvida, pode contactar-nos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:11



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D