Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Falar com o corpo

por oficinadepsicologia, em 09.05.11

Autora: Inês Mota

Psicóloga Clínica

 

Para as palavras serem ouvidas o corpo também fala.
Ensine-o a dizer sim, não ou talvez!,  com convicção.

Para começar mantenha estas ideias em mente:

- Não existem formas certas ou erradas de nos expressarmos, mas sim formas mais ajustadas de acordo com as pessoas, as situações.

- Não há pessoas que se expressem bem e outras mal : NINGUÉM se expressa  100% bem com todas as pessoas e em todas as situações . O resultado depende então de muitos factores: das  pessoas com quem estamos, das situações onde nos encontramos e como nós nos estamos a sentir naquele momento.

- Lembre-se: pode fazer pedidos e pedir favores. Pode demonstrar emoções positivas (alegria, orgulho, estima, atracção), fazer e receber elogios. Pode também expressar sentimentos menos positivos (queixas, ressentimento, discordância, intimidação, desejo de estar sozinho) e pode recusar pedidos.

 

 

Passemos agora à acção:

- Lembre-se: quando se expressa o seu corpo também fala. Também ele diz sim não ou talvez e as outras pessoas observam para além das suas palavras o que o seu corpo diz e agem de acordo com isso.
-Uma boa forma de aprender consiste em observar como fala o corpo das pessoas que admira, quando se expressam e caso se identifique com algumas dessas posturas comece a treiná-las em frente ao espelho e a incorporá-las na sua forma de agir.

-Ensine o seu corpo a falar de acordo com a sua voz interior e com as suas palavras: Treine em frente ao espelho:

.Postura do corpo direita e descontraída;

.Mãos descontraídas, abertas e com movimentos casuais;

. Cabeça erguida ou levemente inclinada;

. Contacto Visual adequado (não demasiadamente fixo, nem evasivo);

.Expressão facial de interesse e firmeza;

.Voz confortável e agradável no tom, entoação, volume e clareza;

. Discurso  agradável (quantidade, ritmo, conteúdo)

.Movimentos da Cabeça e sorriso em consonância com o que está a ser transmitido.

 

 

Comece agora a experimentar deixar o seu corpo falar noutros locais: no emprego, em conversas com amigos, em festas. Perceba como se sente cada vez mais afirmativo e provavelmente melhor.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:28



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D