Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ao soar das badaladas

por oficinadepsicologia, em 31.12.11

Autora: Madalena Lobo

Psicóloga Clínica

www.oficinadepsicologia.com

Facebook

 

Madalena Lobo

 

Desejo é algo que se idealiza como bom, mas nem sempre está sob o nosso controlo – desejo de saúde, de segurança, de… Intenções equivalem a uma mobilização para um curso de acção, habitualmente sob o nosso controlo. Assim, de um ponto de vista de saúde mental, melhor será irmos comendo as passas da meia-noite ao ritmo de intenções para o próximo ano e não da formulação de desejos vagos que magicamente acreditamos que se vão realizar apenas porque tocam as 12 badaladas. Troquemos, portanto, desejos por intenções e, para dar uma ajuda, deixamos 12 intenções promotoras de equilíbrio emocional – talvez queira aproveitar alguma ou talvez fique motivado a reflectir um pouco sobre as suas, para condicionar o curso da sua vida.

  1. Movimentar-me todos os dias um pouco – está demonstrado que o exercício físico aeróbico regular e moderado tem um forte efeito regulador das emoções e melhora o funcionamento cerebral
  2. Permitir-me dormir 7 a 8 horas por noite – é a dormir que o cérebro integra as aprendizagens e processa as emoções
  3. Comer saudável – os nutrientes físicos com que carregamos o corpo estão intimamente ligados à saúde mental
  4. Manter as situações em perspectivas – uma certa higiene diária da escala que aplicamos às situações vividas é fundamental para não aumentarmos desnecessariamente as proporções do que nos vai acontecendo
  5. Relaxar diariamente – entre 10 a 20 minutos diários dedicados a uma qualquer actividade de relaxamento tem um efeito estabilizador das emoções
  6. Sociabilizar-me regularmente, garantindo um pouco de tempo de qualidade entre amigos e família – ajuda fortemente no bem-estar emocional, já que é através e com os outros que nos integramos a nós próprios
  7. Defender as minhas necessidades individuais, para estar bem e tranquilo e poder recarregar-me e disponibilizar recursos também para aqueles que me rodeiam
  8. Procurar activamente fontes de prazer e bem-estar para a minha vida, para evitar o desgaste emocional que advém do uso excessivo do cinzento e descolorido
  9. Investir em cursos de acção que me possam trazer maior crescimento pessoal e ocupacional no futuro
  10. Focar a minha atenção naquilo que quero, naquilo que valorizo, naquilo que me é confortável em vez de me deixar monopolizar pelo outro lado da medalha
  11. Fazer um esforço consciente por me recordar diariamente daquilo que gosto em mim e nos que me rodeiam, naquilo por que posso estar grato, deixando que o meu olhar repouse nas coisas que me aquecem a alma
  12. Contribuir, de qualquer forma, para o bem-estar de quem me rodeia e o bem global da minha comunidade

FELIZ ANO NOVO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:20



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D