Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Terapia não é dar conselhos...

por oficinadepsicologia, em 02.03.12

Autor: Susanne Marie França

Psicóloga Clínica

www.oficinadepsicologia.com

Facebook

 

Susanne Marie França

"A única coisa a fazer com os bons conselhos é passá-los a outros; pois nunca têm utilidade para nós próprios"
Oscar Wilde 

 

Fiquei intrigada quando no outro dia uma paciente me perguntou se devia terminar uma relação afectiva com um rapaz com quem namora há dois anos. Andava baralhada e insegura, e o último terapeuta tinha-lhe dito que aquela relação era doentia, e que provavelmente seria terminar a relação….pois estava a agravar a depressão!

 

Por vezes confunde-se psicoterapia com dar conselhos. Muitos pacientes fazem-nos perguntas acerca da nossa opinião de como devem agir ou pensar...E muitos psicoterapeutas, caem na tentação de expressar essa opinião…e lá sai um conselho! Ninguém está a dizer que o terapeuta não é bem-intencionado, e que a opinião até nem é a acertada, mas terapia não é dar conselhos! Os pacientes e terapeutas têm uma relação forte, mas é uma relação terapêutica, que com o tempo e solidificação permite que o paciente seja o seu próprio “conselheiro”.

 

Se os pacientes necessitassem de conselhos não recorreriam a um terapeuta. Por vezes, já estão fartos de opiniões que os irritam e baralham… É o vizinho do lado que não se inibe de dizer o que pensa…é o pai…a mãe….o amigo…o tio….

 

A vulnerabilidade de um paciente que procura ajuda, pode torná-lo altamente sugestionável e sedento de aconselhamento, na tentativa de conseguir aliviar o desconforto e inquietação emocional. O papel do terapeuta será certamente ajudar ao paciente a lidar com esse desconforto, mas dar conselhos será, no meu ponto de vista, satisfazer mais uma necessidade do terapeuta do que do paciente, e adiar um processo terapêutico, que por sua vez pode ter repercussões bastante serias e nefastas para o paciente e sua vida pessoal.

 

publicado às 11:08


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Carol Gomes a 10.04.2013 às 23:04

Boa noite, Susanne! Estou escrevendo um artigo sobre o uso de regras, conselhos, mandos e instruções em psicoterapia de diferentes abordagens. Gostaria de saber se vc possui algum tipo de material, ou me recomenda autores que tratem sobre isso. É tão dificil encontrar material. :)

Att,

Carol Gomes.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D