Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Alteração de comportamento

por oficinadepsicologia, em 08.07.12

E-mail recebido

 

Boa tarde,
 

Ultimamente apetece-me isolar, não me apetece falar com ninguém, e quando estou a falar com alguém não consigo encarar a pessoa, faltam-me as palavras, estou preocupado, até porque a minha actividade profissional me obriga a falar e a conviver. O que devo fazer?

 

P.D.

 

 

Caro P.,

pelo que partilha connosco denota uma alteração no seu comportamento e humor recentemente, que lhe está a causar estranheza, incómodo e dificuldades na sua vida profissional e concerteza também pessoal.
Existem acontecimentos de vida, passíveis de serem identificados com mais ou menos clareza, que por vezes funcionam como gatilhos geradores de um conjunto de emoções que podem traduzir-se em alterações de comportamento e sintomas físicos.
Todos nós temos um conjunto de características pessoais, a par de uma história de desenvolvimento e experiências de vida, que fazem de nós seres únicos. É nesta tela mista que se vão enquadrando as relações e vivências do presente, mediadas por algumas crenças e filtros da realidade, pinceladas por emoções e sensações físicas.
Importará que o P. não deixe passar muito mais tempo, impedindo que as alterações de comportamento que descreve se agudizem provocando-lhe um crescente de desconforto e sofrimento. Nesta fase, seria útil procurar um técnico de saúde (médico de família ou psicólogo clínico) de forma a ter uma avaliação da sua situação específica, que permita identificar o que se passa e face a essa leitura diagnóstica propor a intervenção mais eficaz.
Caso lhe faça sentido agendar uma primeira consulta na Oficina de Psicologia com um dos Psicólogos da nossa equipa, poderá fazê-lo através do nosso site http://oficinadepsicologia.com/consultas/57-2. Nessa primeira consulta poderá expôr a sua situação, e com uma recolha de informação mais completa, receberá um parecer técnico com indicação do que for considerado como o melhor plano terapêutico.

Um abraço,
Filipa Jardim da Silva


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:49


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D