Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Escolha múltipla - Orientação vocacional

por oficinadepsicologia, em 17.04.10

Autora: Inês Mota

Psicóloga Clínica

 

 

No caminho das mudanças e escolhas características à adolescência assume-se como crucial a decisão que o adolescente tem de tomar no decurso do seu trajecto escolar acerca do seu futuro profissional.

 

Esta projecção no futuro, alinhavo mais ou menos notório, esboço mais ou menos vincado, é acompanhado naturalmente de indecisões, angústias, receios, medos e até mesmo erros.

 

Podemos metaforizar como normativa a ansiedade desta escolha nesta etapa de vida, visto fazer parte de uma aprendizagem e de um processo de evolução característico de qualquer ser humano.

 

Convém então clarificar aos adolescentes e aos pais que a indecisão nesta fase, longe de representar desinteresse face ao futuro constitui-se como fase de profunda reflexão e que convém ser entendida como saudável. Não obstante, é reconhecida uma tendência para adiar o tema de uma forma negada do sofrimento e angústia, na esperança de que a resolução surja milagrosamente.

 

 

Assim, se a dúvida surgir tanto nos períodos antecedentes ao 9º ano ou ao 12º, ou mesmo na vida adulta em etapas importantes de escolhas relativas às áreas predominante de estudo não deixe que a dúvida se instale e o consuma mas invista e recorra aos profissionais dos Serviços de Orientação Vocacional.

 

Neste processo de descoberta são reflectidos interesses (áreas pelas quais o jovem/adulto demonstra maior motivação e gosto) e aptidões (as actuais capacidades dos jovens/adultos nas diferentes áreas). São colocadas em perspectiva as expectativas e os receios, as características individuais e os requisitos das actividades profissionais, para que no processo de construção da identidade vocacional figurem “motivações” intelectuais, afectivas e emocionais integradas na identidade pessoal de cada um.

 

Durante este processo é devolvido ao jovem/adulto a competência para assumir o papel activo na escolha, para explorar este espaço de decisão, para aprender a movimentar-se nele com segurança e liberdade, e com a autonomia de quem constrói e participa no seu caminho – projecto de vida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:39


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D