Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O caminho da vida é um caminho para a diversidade

por oficinadepsicologia, em 18.05.10

Autora: Irina António

Psicóloga Clínica

 

 

Se no final do dia parássemos por um instante para pensar sobre os acontecimentos do dia e sobre o impacto que os mesmos tiveram na nossa pessoa, facilmente tomaríamos consciência da mudança (em alguns casos visível, em outros - quase imperceptível) que ocorreu na nossa maneira de estar e contactar com o mundo. Este movimento contínuo acompanha-nos ao longo de toda a vida, independente da idade, embora na juventude a sua força é mais evidente e facilmente reconhecível. A complexidade dos contactos desenvolvidos influenciada pela “oferta” interminável dos estímulos e ajuste criativo ao mundo em mudança permanente são condições que influenciam o bem-estar físico e psicológico. Estar consciente aos movimentos da mudança diária é um dos investimentos à criação de uma auto-imagem flexível e multifacetada que por sua vez influencia o processo de adaptação às novas circunstâncias mesmo nas idades bastantes avançadas.

 

Neste sentido, os resultados da investigação desenvolvida pelo Bo G Erikson, da Universidade de Gothenburg, trazem-nos notícias entusiasmantes: a diferença entre pessoas acentua-se com a idade, ou seja, na medida que os anos passam, a nossa diversidade e a originalidade pessoal tornam-se mais marcantes, e o estereótipo: “todas as pessoas velhas são doentes, sozinhas e incapazes de cuidar de si próprio” acaba por reflectir muito pouco da realidade dos seniores. De acordo este estudo, em que participaram pessoas com idades compreendidas entre 70 e 90 anos, há factores sociais que influenciam o contacto adaptativo da pessoa “em mudança”, produzindo um impacto positivo na sua longevidade.

 

Bo G Erikson deixa algumas sugestões para seniores:

 

  • Conversas diárias ajudam a baixar ansiedade, oferecem um suporte para tomada das decisões, servindo de uma espécie de exercício para melhoramento do funcionamento cognitivo: atenção e memória
  • Aumento da actividade diária tem um efeito benéfico no estado físico
  • Participação em situações e práticas com certo nível do desafio influencia directamente a construção e preservação da auto-estima positiva

 

Feliz continuação de caminho para diversidade!

publicado às 07:32


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Helder Santos a 28.05.2010 às 19:58

Devo confessar que este artigo me inspirou mutio. Nem todas as pessoas conseguem perceber algo tao importanto como o que referiram. Obrigado pelo mesmo. Gostaria de entrar em contacto convosoco. Helder

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D