Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Hipno-Banda Gástrica

por oficinadepsicologia, em 07.11.10

Banda Gástrica sem cirurgia?


Todos reconhecemos os riscos (e custos) envolvidos em cirurgias. E, no entanto, por questões de saúde, muitas pessoas optam por cirurgias de banda gástrica, na impossibilidade de controlarem o seu peso de outra forma mais segura e economicamente mais viável.

Por isso, na Oficina de Psicologia adquirimos o licenciamento da Hypno-Band, o sistema hipnoterapêutico de banda gástrica mais utilizado no mundo (presente em 12 países), tendo-o adaptado à realidade portuguesa e fortalecido nalgumas componentes que, de acordo com a nossa experiência, se revelam críticas.

Trata-se de uma combinação de Terapia Cognitivo-Comportamental com Hipnoterapia que ajuda na modificação dos hábitos alimentares, sendo desenhado para pessoas com um índice de massa corporal acima dos 25; central nesta intervenção é a execução, sob hipnose profunda, de uma "cirurgia virtual" (isto é, conduzida através de visualização guiada), mediante a qual o organismo fica convencido de que foi, de facto, aplicada uma banda gástrica.

Sem riscos, com total segurança, sem pós-operatório, sem necessidade de anestesia geral e muito mais económico.

Consulte todos os detalhes em http://www.oficinadepsicologia.com/hipno_banda.htm.

 

Quem pode recorrer a este sistema?
Qualquer adulto (maior de 18 anos) com índice corporal acima dos 25 (o IMC é um padrão internacional que permite identificar o grau de obesidade; é obtido pela fórmula: IMC=Peso/(Altura)2).

Ainda que praticamente todas as pessoas possam chegar a algum nível de relaxamento hipnótico, este sistema torna-se especialmente eficaz com pessoas com elevada hipnotizibilidade, pelo que, na sessão de acolhimento os participantes interessados serão avaliados a este nível, não havendo lugar a qualquer pagamento no caso de decidirmos ser tecnicamente pouco provável conseguir obter os resultados pretendidos.

De igual forma, é avaliada a motivação para proceder a algumas alterações ao nível do regime alimentar e exercício físico e adesão aos exercícios propostos, sem o qual dificilmente se podem obter mudanças significativas e duradouras.

 

Com que posso contar?
O programa é composto por 12 sessões: 1 sessão de diagnóstico e rastreio de saúde mental, 4 sessões com a nossa nutricionista para aferir o melhor regime alimentar e 7 sessões com a nossa hipnoterapeuta, para a intervenção propriamente dita. As primeiras 9 sessões cumprem-se em 6 semanas, existindo duas sessões de hipnoterapia de seguimento e "ajuste" da banda gástrica ao longo dos 3,5 meses posteriores e uma sessão de nutricionismo para seguimento e personalização do regime alimentar.

No caso de existirem condições para diagnóstico clínico de patologia do comportamento alimentar (bulimia ou ingestão compulsiva) a aceitação dos participantes será avaliado caso a caso, tendo como regra existir, primeiro, uma intervenção de tratamento da perturbação do comportamento alimentar e só depois da situação regulada, efectuar-se a intervenção de banda gástrica.

O sistema Hipno-Banda Gástrica é composto por sessões individuais às quais se juntam gravações - cds ou mp3 - para reforçarem o trabalho efectuado em sessão. Nas primeiras sessões, todo o trabalho é orientado para o(a) preparar para a "colocação" da banda gástrica: análise do seu historial psicológico e médico, primeiros passos em hipnose, análise dos seus hábitos alimentares, início de perda de peso com novo regime alimentar, preparação para a banda gástrica. Na 3ª sessão de hipnoterapia, a banda gástrica é "colocada" durante uma intervenção cirúrgica virtual e será ajustada na sessão seguinte. Entretanto, e até final do programa, o seu regime alimentar é alvo de alteração e seguimento, ficando as sessões finais destinadas aos ajustes que necessitarem ser feitos.

Ainda que a perda de peso seja muito facilitada pelo facto de sub-conscientemente a pessoa passar a acreditar ter uma banda gástrica, o que exige uma reacção semelhante do organismo, existe trabalho de mudança que tem de ser feito pelo participante, para que consiga, de facto, perder o peso pretendido, o que exige motivação para fazer alterações nos hábitos alimentares e de exercício, bem como para efectuar os exercícios de relaxamento e hipnose sugeridos pelo hipnoterapeuta e preencher os registos de monitorização diária.

De acordo com os dados do sistema original, em Inglaterra, existe uma taxa de eficácia entre 70 a 80%. Na Oficina de Psicologia estaremos a registar os resultados com vista a poder publicar a taxa de sucesso em Portugal no final de 2011.

 

publicado às 15:20


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D