Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Como lidar com a procrastinação

por oficinadepsicologia, em 05.05.11

Autora: Isabel Policarpo

Psicóloga Clínica

 

 

 

Isabel Policarpo

 

 

Procrastinar é evitar um trabalho ou uma tarefa que tem que ser feita. A procrastinação pode assumir muitas formas e muitas caras e nem sempre é fácil percebermos que estamos a adiar uma tarefa. Hoje vamos ajudá-la(o) a fazê-lo.

 

 

Qual é a forma da sua procrastinação?

 

  1. Age como se por ignorar o trabalho, ele acabasse por se ir embora?
  2. Subestima o trabalho envolvido na tarefa ou sobrestima as suas capacidades e recursos para realizar o trabalho? Isto é, diz a si mesmo, que é fácil e que só precisa de uma hora para realizar a tarefa que geralmente demora 6 horas?
  3. Ilude-se, acreditando que uma performance medíocre ou inferior aos standards é aceitável?
  4. Engana-se, substituindo uma actividade por outra?
  5. Dramatiza mais o seu empenho na tarefa, do que na prática investe na mesma? Está num constante estado de improdutividade, de preparação para o trabalho, sem nunca trabalhar?
  6. Persevera, mas apenas numa parcela do trabalho? Como quando por exemplo escreve e reescreve o parágrafo de um texto?
  7. Fica paralisado quando tem que decidir entre alternativas? Demora tanto tempo a decidir o que vai fazer, que quando se apercebe já não tem tempo para realizar nenhuma das actividades que tinha equacionado fazer?
  8. Acredita que a repetição de pequenos atrasos é inofensiva? Interrompe o seu trabalho para ir  5 minutos ao facebook e quando dá por si já passou mais de uma hora?

 

 

O que pode fazer para ultrapassar a procrastinação?

  • Identifique as formas mais usuais da sua procrastinação e quando elas surgirem no seu dia-a-dia “ponhas-as em sentido”
  • Procure perceber qual(ais) são os teus problemas e receios
  • Identifique os seus objectivos, sem esquecer as suas forças e fraquezas, bem como os seus  valores e prioridades.
  • Compare as suas acções com os seus valores e prioridades e procure que os mesmos estejam em consonância
  • Tome decisões honestas acerca do teu trabalho. Se quer despender pouco tempo num trabalho, admita-o e não deixe que os sentimentos de culpa interfiram com esse facto. Pese as consequências das diferentes formas de investimento num projecto e encontrs o retorno óptimo do teu investimento..
  • Trabalhe para adquirir a compreensão do que é necessário para realizar essa tarefa num determinado contexto
  • Distinga entre as actividades que dramatizam o seu sentido de empenho, e aquelas que o ajudam a concluir a tarefa. Dedique apenas a quantidade de  tempo apropriado a cada parte da tarefa. Desenvolva uma perspectiva sobre todo o projecto e visualize os passos necessários à sua execução.

Bom Trabalho!

Procrastinar é evitar um trabalho ou uma tarefa que tem que ser feita. A procrastinação pode assumir muitas formas e muitas caras e nem sempre é fácil percebermos que estamos a adiar uma tarefa. Hoje vamos ajudá-la(o) a fazê-lo.

 

Qual é a forma da sua procrastinação?

 

1.    Age como se por ignorar o trabalho, ele acabasse por se ir embora?

2.    Subestima o trabalho envolvido na tarefa ou sobrestima as suas capacidades e recursos para realizar o trabalho? Isto é, diz a si mesmo, que é fácil e que só precisa de uma hora para realizar a tarefa que geralmente demora 6 horas?

3.    Ilude-se, acreditando que uma performance medíocre ou inferior aos standards é aceitável?

4.    Engana-se, substituindo uma actividade por outra?

5.    Dramatiza mais o seu empenho na tarefa, do que na prática investe na mesma? Está num constante estado de improdutividade, de preparação para o trabalho, sem nunca trabalhar?

6.    Persevera, mas apenas numa parcela do trabalho? Como quando por exemplo escreve e reescreve o parágrafo de um texto?

7.    Fica paralisado quando tem que decidir entre alternativas? Demora tanto tempo a decidir o que vai fazer, que quando se apercebe já não tem tempo para realizar nenhuma das actividades que tinha equacionado fazer?

8.    Acredita que a repetição de pequenos atrasos é inofensiva? Interrompe o seu trabalho para ir  5 minutos ao facebook e quando dá por si já passou mais de uma hora?

 

 

O que pode fazer para ultrapassar a procrastinação?

·         Identifique as formas mais usuais da sua procrastinação e quando elas surgirem no seu dia-a-dia “ponhas-as em sentido”

·         Procure perceber qual(ais) são os teus problemas e receios

·         Identifique os seus objectivos, sem esquecer as suas forças e fraquezas, bem como os seus  valores e prioridades.

·         Compare as suas acções com os seus valores e prioridades e procure que os mesmos estejam em consonância

·         Tome decisões honestas acerca do teu trabalho. Se quer despender pouco tempo num trabalho, admita-o e não deixe que os sentimentos de culpa interfiram com esse facto. Pese as consequências das diferentes formas de investimento num projecto e encontrs o retorno óptimo do teu investimento..

·         Trabalhe para adquirir a compreensão do que é necessário para realizar essa tarefa num determinado contexto

·         Distinga entre as actividades que dramatizam o seu sentido de empenho, e aquelas que o ajudam a concluir a tarefa. Dedique apenas a quantidade de  tempo apropriado a cada parte da tarefa. Desenvolva uma perspectiva sobre todo o projecto e visualize os passos necessários à sua execução.

Bom Trabalho!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:55



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D