Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dicas para parar de procrastinar

por oficinadepsicologia, em 24.05.11

Autora: Susanne Diffley

Hipnoterapeuta Clínica

 

  • Susanne Diffley

     

    Passe do pensamento à acção! Planear tarefas pode ajudar em muito a alcançar o que pretende. Por outro lado, o planeamento exaustivo e pensamento excessivo tendem a ter o efeito inverso.

 

  • Deixe-se de perfeccionismos! Pensar infinitamente como vai conseguir arranjar o planeamento perfeito, sem erros e sem possibilidade de falhar, só vai fazer com que  planeie algo impossível de alcançar, aumentando a frustração e sabotando o processo.

 

  • Tenha uma percepção realista da tarefa! Por vezes fazemos um “bicho-de-sete-cabeças” com tarefas que na realidade são facilmente planeadas e executadas. Criar uma percepção negativa da tarefa, vai fazer com que perpetue o padrão da procrastinação.

 

  • Dê o primeiro passo! Mesmo que seja uma tarefa complexa e grande, concentre-se numa coisa de cada vez. Divida a tarefa em pequenas tarefas e cumpra o planeamento que estabeleceu previamente.

 

  • Flexibilize! O facto de ter uma linha mestra de acção, não quer dizer que não tenha que reavaliar e adaptar-se à dinâmica do projecto. Isto não é um sinal de falhanço ou mau planeamento. Todos os projectos ganham vida própria e necessitam de uma abordagem flexível.

 

  • Comece o dia com a tarefa mais difícil! Assim começará o dia com uma sensação de alívio e orgulho de si próprio. Esta sensação irá contagiar o seu dia positivamente e permitir que se dedique a outros projectos e tarefas com uma mente construtiva.

 

  • Tome uma decisão. Qualquer decisão! Como Theodore Roosevelt disse “ Num momento decisivo a melhor coisa a fazer é fazer o que é correcto, a segunda melhor coisa a fazer é fazer o que está errado, e a pior coisa a fazer, é não fazer nada”.Não tomar decisões bloqueia a acção que por sua vez reforça a procrastinação.

 

  • Tem medo de falhar? De fazer má figura? Da crítica? Não será pior viver na duvida do que poderia ter sido se tivesse dedicado tempo e realizado o projecto, independentemente do resultado? Não se esqueça que o pior crítico com que provavelmente se irá deparar é você mesmo!

 

  • Leve a tarefa até ao fim!

“Não há nada mais fatigante do que estar eternamente “preso” a uma tarefa incompleta” William James

Se não dar o primeiro passo pode ser frustrante, não chegar ao fim de uma tarefa pode sugar-lhe toda a energia e deixá-lo stressado e fatigado. Faça uma lista dos seus projectos pendentes, e analise a lista racionalmente criando uma hierarquia de prioridades. Quanto mais cedo terminar um projecto, mais cedo irá sentir-se melhor consigo próprio e quebrar o ciclo da procrastinação. Mas não se esqueça: nem todos os projectos merecem, ou necessitam ser acabados. Avalie racionalmente!

 

publicado às 09:50


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D