Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não consigo parar de comer!

por oficinadepsicologia, em 12.08.11

Autora: Filipa Jardim da Silva

Psicóloga Clínica

www.oficinadepsicologia.com

 

Filipa Jardim da Silva

Apesar de se ouvir falar menos, o Binge Eating constitui, tal como a bulimia e a anorexia nervosa, uma doença do comportamento alimentar. Este distúrbio é caracterizado por episódios de ingestão descontrolada de comida, pelo menos 2 dias por semanas durante pelo menos 6 meses, e consequente aumento de peso. Na maioria das vezes, a grande ingestão de comida não significa que a pessoa sinta fome, mas sim uma vontade incontrolável e inexplicável de comer, à qual tende a seguir-se sentimentos de culpa e vergonha, o que leva a que muitos destes episódios aconteçam quando a pessoa está sozinha. A voracidade alimentar assemelha-se à bulimia no que respeita à elevada ingestão de alimentos mas, ao contrário desta, não é provocado o vómito nem é feito qualquer tipo de comportamento compensatório do excesso alimentar.

 

De um modo geral, as pessoas com crises de voracidade alimentar sentem-se fora de controlo, perdidas num ciclo vicioso de ingestão alimentar excessiva, sentimentos de culpa e arrependimento, restrição alimentar/ dieta e nova ingestão alimentar voraz.

 

O problema da compulsão alimentar tem muitas vezes origem na infância aquando da formação dos hábitos alimentares, em que a comida pode ser associada a compensação, amor, conforto ou a uma forma de ultrapassar o stress e conflitos emocionais. O excesso de peso serve igualmente de escudo, sobretudo quando se tratam de vítimas de abuso sexual, constituindo uma estratégia de desinvestimento no corpo com vista a tornarem-se menos atraentes e a manterem os outros à distância.

 

 

Esteja atento aos sinais que caracterizam um quadro de Voracidade Alimentar: aumento rápido de peso, flutuações constantes do peso, ingestão excessiva de comida (mesmo quando não tem fome) num curto espaço de tempo até se sentir desconfortável ou mesmo agoniado, ingestão sobretudo de alimentos com alto valor calórico, ingestão alimentar às escondidas, esconder comida para episódios de voracidade, esconder embalagens vazias, sentimentos de vergonha e culpa durante e/ou depois de um episódio de voracidade, expressar descontentamento com a aparência, o peso e auto-estima, ansiedade, atribuição dos fracassos relacionais, sociais e profissionais ao peso, culpa e vergonha pelos hábitos alimentares, evitamento de encontros sociais em especial aqueles que envolvam refeições.

 

Embora a Voracidade Alimentar seja reconhecida como uma das perturbações de comportamento alimentar, geralmente este distúrbio ainda não é encarado com a seriedade necessária, verificando-se que muitas pessoas acabam por ser direccionadas para centros de estética e programas de emagrecimento que só irão gerar mais fome, frustração e consequente perpetuação do ciclo de voracidade alimentar. Esta problemática tem de ser tratada na sua origem e como tal a intervenção deve ser feita por uma equipa multidisciplinar: psicólogo, nutricionista e psiquiatra.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44


66 comentários

Sem imagem de perfil

De estrela a 14.02.2013 às 02:46

Tenho 19 anos e peco 57kg e meco 1,53. Desde que entrei para a faculdade e vim morar para uma residencia, tenho sentido esses sentimentos e é horrivel, porque como desde doces a salgados e eu n sei o q fazer.
Sem imagem de perfil

De Flor de Lis a 24.02.2013 às 16:29

Prezadas, me identifiquei com esse post.
Nunca fui uma pessoa magra, desde que nasci já era gordinha.. Porém nunca tive problemas de saúde por causa disso.. Era cheinha e feliz. Percebi que ao longo dos últimos 10 anos tenho engordado a cada ano sem conseguir eliminar peso...E mais estressante é que fiquei desempregada em Dezembro e dentro de 2 meses engordei mais de 5 quilos, sem perceber... Percebi que estava sentindo muito sono ultimamente, sem vontade de sair do quarto.. Só agora percebi que estou comendo sem conseguir parar, principalmente a noite...
Minha mãe é doceira e ontem para minha surpresa eu pedi que ela fizesse um bolo de coco pra mim pequeniniho e ela disse bem alto: você não está percebendo o quanto você está gorda? você está feia e enorme,,, Isso acabou comigo... desde ontem não consigo comer nada.. pois toda vez que quero comer, me lembro do que ela disse...agora ela veio aqui me perguntar se eu nao ia almoçar eu disse que não, pois estou muito gorda... e ela disse: está mesmo, chega tá dobrando... Aff... eu falei bem alto: EU SEI QUE ESTOU GORDA E NÃO É PORQUE EU QUERO, ALÉM DISSO NÃO PRECISO QUE ME LEMBREM DISSO, POIS EU SEI MAIS DO QUE QUALQUER PESSOA... Preciso de ajuda...
Sem imagem de perfil

De anna luisa a 16.01.2017 às 18:00

seja feliz, e faça de tudo para emagrecer.
Sem imagem de perfil

De rita a 16.03.2013 às 16:03

tenho 17 anos, 1.62 e peso 90.500 Kg, bastante para a minha altura e idade eu sei disso mas mesmo sabendo isso torna-se mais dificil ainda me controlar. Ja fiz bastantes dietas, fui a varios nutricionista e sempre consigo perder peso e bastante, mas assim que cometo um deslize, seja o que for, esqueço a dieta e como bastante pensando que ja nao engordo mais como antes, pois, parvoice. Engordo sim, o dobro até (sério). Não sou de comer mal, pois gosto de sopa, legumes, fruta e peixe, sou e de abusar em certos produtos, bolachas, fruta, chocolates, etc. Ja tentei começar com varias dietas mas nada! Até meu namorado me ajuda, quer me ajudar, mas nem assim... :( começo a sentir-me inutil e que serei sempre assim...
Minha proxima consulta e no dia 19 de Junho deste ano e preciso de perder peso, apenas algum. Me ajuda, começo a desesperar :(,

beijinho,
Rita
Imagem de perfil

De oficinadepsicologia a 21.04.2013 às 16:20

Ola Rita.
Antes de mais obrigada pela partilha.
Muitas jovens se identificaram com estas palavras certamente.
A problemática do excesso de peso e obesidade assenta muitas vezes numa alimentação emocional logo impulsiva em que os alimentos mais caloricos sao precisamente os que têm um sabor mais intenso e que por isso despoletam mais rapidamente uma sensação de prazer e tranquilidade no cérebro.
Disponibilizamos gratuitamente no nosso site um booklet sobre comportamento alimentar que a Rita poderá descarregar e consultar . Não substituirá certamente um apoio psicoterapeutico mas pode constituir uma ajuda nesta fase.
www.oficinadepsicologia.com/recursos/perturbacoes-do-comportamento-alimentar

Um abraço com coragem
Filipa Jardim da Silva
Psicóloga Clinica
Oficina de psicologia
Sem imagem de perfil

De elias a 21.05.2013 às 01:52

Oi eu so o elias e também to com isso, e não tinha isso tava começando a emagrece por que eu tinha ingordado a eu comecei a coma normal nada de esagero tava ficando do geito que eu queria, tava emagrecendo e comendo normal varias vezes eu comessava a come dinreito comessa emagrece fica em forma ai tipo chega sexta feira jaera como tudo muito zuado eu queria sabe vc poderia me ajuda para para com isso me ajuda pf
Sem imagem de perfil

De aline a 28.05.2013 às 18:32

oi
até parece que era uma indireta pra mim, estou desesperada porque paguei R$ 1.300,00 numa clinica de estética emagreci e agora voltei a engorda, nao consigo parar de comer !
e nao tenho tempo pra ir num psicologo, pq estudo de manha e a tarde eu trabalho, por favor me ajude, se puder me responder no email: aline_rg2s@windowslive.com

mto obrigado
Aline Reichert
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.06.2013 às 23:05

Oi, eu tenho 12 anos e minha altura é de 1,60 e eu peso 73 kg! Estou desesperada pois é muito para minha idade.Nao consigo parar de comer e por isso eu sofro bullyng no colégio tenho todos esses problemas me ajudem mas eu tenho medo de pisiquiatra e nutricionista e minha família não me apóia a emagrecer e sempre tem biscoitos recheados aqui em casa eu não consigo me controlar e como três pacotes!! Preciso de Ajuda!!!!
Sem imagem de perfil

De Júlia a 04.06.2013 às 23:08

Oi eu tenho 12 anos e minha altura e de 1,65 eu peso 73 Kg e não consigo emagrecer sempre como doces e por isso sofro bullyng na escola estou desesperada!!! Minha família não me apóia a emagrecer e sempre tem biscoito recheado e eu acabo comendo 2 eu preciso de ajuda!
Sem imagem de perfil

De elsa a 06.06.2013 às 23:15

não consigo parar de comer. tenho momentos em ue choro porque não consigo controlar a vontade de comer. A quem devo recorrer?
Sem imagem de perfil

De isadora a 03.08.2013 às 14:48

Eu tdnho 14 ans e como muito mesmo sem fome sinto muita culpa me acho gorda e como varias vezes por dia
Sem imagem de perfil

De day a 08.10.2013 às 14:43

Gente, procurem saber sobre a dieta Dukan: http://boaforma.abril.com.br/dieta/tipos-de-dieta-dietas-de-emergencia/dieta-dukan-cardapio-secou-silhueta-princesa-kate-687551.shtml

A princesa kate fez essa dieta antes do casamento. Emagrece mesmo.

Muita gente vai te criticar não importa se vc é gorda, magra, linda maravilhosa, as pessoas são assim mesmo, só procuram encontrar defeito nos outros. Tipo pensa em vc, nos seus objetivos, imagina como vc quer ser, olha fotos de pessoas que vc queria ser parecida, olha foto de pessoas magras, diz pros seus pais: eu não me importo se vcs vão achar ruim ou não, eu quero fazer o que vai me fazer sentir melhor comigo mesma! pronto! é isso... seja forte, tenta não pensar me comida, tenta trocar doce pela fruta que vc mais gosta, se comer algo calórico faça exercícios pra compensar.. veja fotos de pessoas com o corpo dos seus sonhos, entre pra academia, faça aula de dança, aprenda uma coisa: Pra emagrecer vc precisa se Mexer!!!! Boa sorte pra vcs ^^

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D